Alimentos para proteger a pele no verão

alimentos verão

exposição exagerada ao sol traz sérias conseqüências ao nosso organismo, principalmente à pele. Quando ela não acontece entre as dez da manhã e às quatro da tarde, sem dúvida é uma ótima fonte de vitamina D.

Mas ao ficarmos expostos por muito tempo, em horários de pico, o envelhecimento sem dúvida dá os seus sinais. Para que isso não aconteça, você não deve apenas usar um bom protetor solar é preciso cuidar da alimentação, pois quando falamos em beleza da pele o processo sempre começa de dentro para fora.

Nos dias mais quentes, a preocupação maior é hidratar o corpo, por isso não deixe de tomar muita água, entre dois a três litros por dia. Segundo a nutricionista Fernanda Granja, especialista em nutrição clínica funcional e fisiologia do exercício, os alimentos com licopeno são ótimos para evitar o envelhecimento porque se trata de um antioxidante que age nas células, tanto assim que já é usado em vários cosméticos ou nutricosméticos.

“Você o encontra no tomate, na goiaba, ou no próprio suco de tomate. Há também a versão em cápsulas, em farmácias e casas de produtos naturais”, indica a nutricionista. Ainda sobre os antioxidantes, os alimentos com polifenóis também são indicados para manter a pele saudável. Esses são encontrados principalmente em uvas, frutas vermelhas e amoras, ou ainda no açaí e nas ameixas.

Linhaça e peixes, principalmente o salmão, também devem ser incluídos no cardápio, pois são boas fontes de ômega-3, que tem ação anti-inflamatória, além de serem ótimos para acne e dermatites. Já os alimentos com vitaminas C e E agem na fotoproteção da pele, diminuindo os efeitos dos raios solares e, também, retardam o envelhecimento. O zinco é outra substância com efeito antioxidante e pode ser encontrado em carnes, ostras, quinua, amaranto e amêndoas.

“Os carotenóides estão nos alimentos de cor amarelo-alaranjadas que estimulam a produção de melanina, atuando também na fotoproteção da pele. A ingestão de cápsulas de betacaroteno 15 dias antes da exposição solar gera um bronzeado maravilhoso e reduz aspecto de vermelhidão pós-sol”, indica a nutricionista.

Inchaço

Outro vilão do calor é a retenção de líquidos. Com o corpo mais inchado, principalmente na TPM, ficamos ainda mais irritadas, por isso é importante incluir no prato alimentos com vitamina B6, magnésio e ácido fólico.

“Essas substâncias ajudam a converter o triptofano em serotonina, melhorando a disposição e controlando a oscilação de humor”, explica a nutricionista. Veja os alimentos ricos em cada uma destas vitaminas e minerais:

– Vitamina B6: cereais, banana, leguminosas (soja, grão de bico, feijão, lentilha), oleaginosas (nozes, castanhas).
– Magnésio: vegetais folhosos escuros, cereais integrais, oleaginosas.
– Ácido Fólico: vegetais folhosos escuros crus (rúcula, almeirão, escarola, couve).
– Triptofano: açaí, banana, damasco, cereais integrais.

Em muitos casos, a temida celulite aparece ainda mais por conta da má alimentação e do mau funcionamento do intestino. Conforme a nutricionista Flávia Moraes, quando a flora intestinal não está em equilíbrio, também por outras razões, entre elas, uso indiscriminado de antibióticos, anti-inflamatórios, anticoncepcionais, exposição a alimentos alergênicos, além de estresse, a absorção de moléculas grandes pelo intestino é ainda maior. Estas moléculas se ligam a células do sistema imunológico aumentando de tamanho e peso. Com isso a circulação fica prejudicada e, dessa forma, o quadro de celulite fica ainda mais grave.

Para um bom funcionamento do intestino, Flávia indica o consumo de alimentos ricos em fibras como os cereais integrais; arroz integral, farelo de aveia, sementes de linhaça; frutas e verduras, principalmente as orgânicas. “Frutas e legumes com bastante água ajudam na hidratação e desintoxicação do organismo. Por isso inclua o abacaxi, a melancia, as frutas cítricas, além de pepino e salsinha, nas refeições. E por que não preparar um suco com esses ingredientes?”, completa.

Por:
Juliana Lopes

 

10 Dicas para uma pele perfeita

1- Fuja do banho com água muito quente, pois ela retira a camada de oleosidade da pele.

2- Não ultrapasse os 15 minutos embaixo do chuveiro. Quanto mais tempo você fica em contato com a água, mais ela remove o hidratante natural da pele, provocando o ressecamento.

3- Use um sabonete de formulação suave e que proteja a pele. Prefira produtos que ofereçam ingredientes e emolientes, que ajudam a manter a integridade da camada de oleosidade. Ainda assim, limita-se a aplicar o produto apenas nas axilas, nas costas e nos pés.

4- Evite as buchas vegetais ou esponjas industrializadas durante o banho. Utilizadas diariamente, elas contribuem para retirar a oleosidade da pele. Só recorra a elas para higienizar axilas, costas e pés e, uma vez por semana, para fazer exfoliação.

5- Aplique uma loção ou creme hidratante diariamente logo após o banho. As formulações oferecem uma combinação de ingredientes emolientes e umectantes que ajudam a diminuir a evaporação de água pela pele e também a formar uma película protetora.

6- se, ao tomar banho, à noite, estiver com preguiça de passar hidratante, substitua-o pelo óleo de banho sem enxágüe.

7- Dê uma atenção especial às regiões mais ressecadas do corpo, como joelhos, cotovelos e pernas, aplicando mais loção hidratante, pois são áreas que sofrem especialmente com o atrito das roupas e ressecamento.

8- Procure ingerir pelo menos dois litros de água por dia, para hidratar o organismo. Como conseqüência, sua pele ficará mais bonita.

9- adote uma loção específica, de preferencia com protetor solar, para as mãos. Leve-a na bolsa ou deixe-a no trabalho. Aplique o produto várias vezes ao dia, porque as mãos ressecam muito ao ficarem expostas ao frio e à água.

10- seja fiel aos exercícios físicos, pois eles ativam a circulação, trazendo mais nutrientes para a pele e, de quebra, queimando calorias e compensando os excessos alimentares, tão comuns nos dias frios.